segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

OPERAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL E MILITAR PRENDE ACUSADO ENVOLVIDO EM AÇÃO CRIMINOSA NA REGIÃO DE TURIAÇU

Uma ação inibidora da Polícia Civil e Militar contra as ações criminosas no município de Turiaçu/MA resultou na prisão do acusado Iranilson Melo, 20 anos, conhecido por “Jamanta”.  Ele é um criminoso de alta periculosidade, o qual vinha causando diversos transtornos à população da região de Turiaçu.
Na reação envolvendo os policiais na manhã desta quinta-feira (17), o chefe da quadrilha, o acusado Iranilson Melo, 20 anos, conhecido por “Jamanta”, fora preso. De acordo com a polícia, ele é um criminoso de alta periculosidade, o qual vinha causando diversos transtornos à população da região de Turiaçu e proximidades.
As informações repassadas pelo Superintendente de Polícia Civil do Interior (SPCI), o Delegado Armando Pacheco foram que os acusados já estavam sendo monitorados. Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (17), fora realizada a operação no sentido de prender o bando. Durante a ação da polícia, no povoado Capoeira de Gado, região dos Campos, eles reagiram, receberam os policiais com disparos de arma de fogo. Os policiais civis e militares reagiram contra a ação injusta, e 02 criminosos foram alvejados”, sinalizou. O superintendente da SPCI repassou ainda, que o monitoramento da quadrilha com ações de inteligência foi fundamental para a prisão dos integrantes da quadrilha.
O delegado titular da Regional de Pinheiro, Oseias Ferreira Cavalcante, informou “Ser importante a captura do Jamanta e de todos os outros acusados, ressaltando o apoio logístico e operacional dado à delegacia de Polícia Civil de Turiaçu, para que realizasse todas as diligências necessárias”, pontuou o delegado regional.
Duas fases da operação em Turiaçu
Ainda de acordo com a Polícia Judiciária, a operação contra o bando do Jamanta, ocorreu em duas fases, a primeira fase no final de dezembro de 2018, quando foram presos 02 criminosos e mortos dois acusados, os quais reagiram à prisão. Nesta ação da polícia ocorrida no mês de dezembro participaram os policiais civis e militares de Apicum Açu e Serrano do Maranhão. A segunda fase da operação aconteceu nesta quinta-feira (17), onde ocorreu com a prisão do Jamanta.
O bando do Jamanta vinha realizando diversos assaltos na região de Turiaçu, Apicum Açu, Bacuri, Serrano do Maranhão, Santa Helena, Turilândia, Cururupu e proximidades. O bando do Jamanta era formado pelos criminosos conhecidos por Clóvis Patrick Martins, conhecido como “Coti”; Lailton Pinheiro Assunção; Márcio Junior Pinheiro, o “ Nico” e o adolescente infrator de 17 anos. Os mortos no confronto no mês de dezembro foram identificados por: Ezequiel Assunção Jinkings e Angelo Pinheiro Assunção. Ainda nesta ação no mês de dezembro pelas polícias foram apreendidos armas, drogas, celulares, trajes e capuzes.

Polícia Civil prende família do crime por tráfico de drogas em Zé Doca.



A Polícia Civil, por meio da 8ª Delegacia Regional de Zé Doca, prendeu nas primeiras horas da manhã deste domingo, 20, mãe e filhas, e apreendeu ainda uma adolescente de apenas 14 anos pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico, corrupção de menores e crime ambiental, na região.  

De acordo com o delegado Jader Alves, a mãe identificada como Maria Raimunda Melo, a “Maria Dedim, 62 anos e filhas as nacionais Maria Damiana Melo, a “Caçula, 24 anos e Maria do Amparo Melo, a “Pimba, 18 anos, foram presas com mais de 40 papelotes de substância conhecida como maconha, R$ 200 trocado e alguns pássaros silvestres engaiolados.  Material este apreendido na residência da família, localizada na rua São João, Favelinha, bairro São Francisco. 

A dinâmica da família funcionava da seguinte forma, duas delas recebiam dinheiro dos viciados em sua casa e uma delas mais a adolescente apreendida na ação entregavam o entorpecente que estavam escondidas no quintal da casa da menor infratora, residência localizada na frente da casa de Maria Damiana.  O objetivo dessa transação era o de se livrarem do flagrante, caso a polícia descobrisse o ato criminoso.

3° BATALHÃO DESARTICULA PONTO DE VENDA DE DROGAS E RETIRA DAS RUAS ARMAS E SIMULACROS

Foi desarticulado nesse final de semana mais um ponto de venda de drogas na cidade de imperatriz, desta feita a operação teve a junção das equipes de Inteligência dos dois batalhões que são responsáveis pelo policiamento na cidade ,o local desarticulado estava localizado na Vila Macedo , região do grande Santa Rita, a troca de informações entre as inteligências das duas unidades foi fundamental para o êxito do trabalho policial, está ação contou também com a efetiva participação das equipes de viiatura de área do Santa Rita e mais a guarnição da força tática do 3°BPM.

Toda ação foi coordenada diretamente pelo Cap.Nunes que no dia estava de supervisor de policiamento do 3°BPM,os conduzidos foram: Lucas Silva Santos de 27 anos, Pedro Henrique da Silva Ribeiro de 24 anos , Marcelo Alves de Carvalho de 21 anos , Adeilsom Sousa França 28 anos e Leandro Silva e Silva ,com os mesmo foram apreendidos( 1 revólver Cal. 38 com 04 munições intactas e 14 Sanches de substância análoga à cocaína,04 pedras grandes crack e 25 papelotes menores de crack, Blanca de precisão, 04 celulares e vastos material para embalo de entorpecente).

Em outras duas ações das viaturas de rádios patrulha do 3°BPM foram apreendidas 02 armas de fogo e um simulacro. O comandante do 3° BPM enfatiza que o combate à práticas delituosas sempre será uma constante por parte da unidade ao qual comanda e que não medirá esforço para que comunidade sinta-se mais segura.

Polícia Civil prende homicida e apreende arma de fogo em Itapecuru Mirim.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Regional de Itapecuru Mirim em ação conjunta com a Força Tática da Polícia Militar tiraram de circulação Jefferson Lailson Lopes Mendes, 18 anos, o “Preto Torre”, por posse irregular de arma de fogo, na região. 

A operação ocorreu nas primeiras horas da madrugada deste domingo, 20, onde as equipes localizaram o indivíduo em sua residência, local que foi encontrado um revólver cal. 32. Em seu desfavor havia um mandado de prisão preventiva em aberto que de pronto foi cumprido.

De acordo com o delegado Samuel Morita, outras representações de prisão preventiva foram formuladas e encaminhadas ao Poder Judiciário. Pois Preto é autor de homicídio, crime este cometido recentemente no bairro Torre, tendo como vítima um homem identificado apenas como Gustavo que foi executado com um tiro na cabeça. O fato foi consumado com apoio de um comparsa mediante uso de arma de fogo.


Vale ressaltar, que Preto é autor de várias tentativas de homicídio contra seus rivais conhecidos como Andrézinho, Psicu e Vovozona pertencentes a uma outra facção. Em uma dessas tentativas, Preto teria sido atingido por disparo de arma de fogo e permaneceu internado em hospital de São Luís por um período.  

A ficha criminal de Preto Torre é extensa cabendo ainda ato infracional análogo ao crime de homicídio enquanto era adolescente, período em que assassinou a vítima Dudu, no bairro Roseana em Itapecuru Mirim. Realizou ainda diversos assaltos a motociclistas e o furto de inúmeros aparelhos celulares na região.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

PATRULHA MARIA DA PENHA MINISTRA PALESTRA SOBRE ACOLHIMENTO A MULHER VÍTIMA DE VIOLÊNCIA

Dando continuidade ao Ciclo de Palestras, decorrente do “Projeto Patrulha Maria da Penha para a tropa”, a Polícia Militar do Maranhão através da Patrulha Maria da Penha, realizou na tarde da última quarta-feira (16), no Auditório do Fórum Desembargador Sarney Costa, a palestra sobre violência doméstica e familiar, ministrada pela Cel QOPM Augusta.
O Projeto tem por objetivo atualizar os operadores de segurança pública, que atuam na região metropolitana e interior do Estado, no 1º atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica, considerado o ponto fundamental de combate a tal crime, dessa forma, capacitando-os para uma melhor e adequada prestação de serviços, trazendo dignidade e acolhimento às mulheres vítimas deste tipo de violência.
Dentre os temas abordados, foram mencionados acerca da violência contra a mulher, da Lei Maria da Penha, a atuação da Patrulha Maria da Penha no Estado do Maranhão no enfrentamento à violência doméstica e familiar, dentre outros.
Estiveram presentes ao evento a TC Claridelma, representando naquele ato o Diretor de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça, o Ten Cel QOPM Alexandre Magno, bem como a Major Edhyelem, o Major Pinheiro, a Asp Of Pm Camilla e os servidores integrantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, que prestam serviços junto ao Tribunal de Justiça do Estado.