sexta-feira, 13 de outubro de 2017

A POLÍCIA CIVIL- MA COM APOIO DA DELEGACIA REGIONAL DE CAXIAS, EM MENOS DE DOIS DIAS CUMPREM TRÊS MANDADOS DE PRISÃO NA CIDADE

A Polícia Civil por meio da Delegacia Regional de Caxias no comando Delegado Jair Lima de Paiva Júnior, efetuou no início da noite do último dia 10, a prisão de Francisco Silva da Conceição (32), vulgo Laranjinha, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela juíza da 5 vara de Caxias em razão do cometimento do crime de estupro de vulnerável.

O mesmo foi preso no bairro de Itapecuruzinho- Caxias nas proximidades de sua residência, sendo sentenciado a 07 anos e 09 meses de reclusão.

 Na tarde do dia seguinte (11), a Polícia Civil por meio da Delegacia Regional de Caxias e Delegacia Especial da Mulher, efetuaram a prisão de Cléber Rêgo Vieira (39),vulgo Bigongo, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela juíza da 5 vara de Caxias, pelo crime de estupro a vulnerável.

Atendendo representação da Dra Karla Simone, delegada titular da DEM. Bigongo é suspeito de cometer estupro de vulnerável, cuja vítima possui 09 anos, sendo que ha suspeita de que os atos aconteciam desde os 07 anos de idade da vítima. A vítima de apenas 09 anos relatou todo o crime a sua mãe.

Logo depois das denúncias feitas sobre o caso, foram feitas buscas pelo acusado, o mesmo estava foragido desde que o caso foi registrado. Após várias diligências feitas a procura do acusado recebeu-se denúncias que o meliante estava escondido na casa da mãe, logo foi direcionada uma viatura até o local e feita a comprovação dos fatos achando o indivíduo, dando a voz de prisão e encaminhando a delegacia da Cidade.

 No mesmo dia (11), seguindo com a Ação a Polícia Civil e Delegacia Regional de Caxias efetuaram a prisão de Igor Brito da Silva (21), em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela juíza da 5 vara de Caxias em razão do cometimento do crime de estupro de vulnerável.

Sendo sentenciado a 12 anos de reclusão. O crime ocorreu no ano de 2014, no bairro de Cajazeiras, a vítima era do sexo masculino. A prisão de Igor ocorreu na zona rural no povoado de Mato Seco, município de Aldeias Altas.
Todos foram encaminhados para UPR Caxias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.