segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Policiais do 10° BPM aprendem cinco armas de fogo



As apreensões tiveram início na manha de terça-feira, 07, na cidade de São Bento, onde segundo os militares, uma vítima procurou a guarnição para informar que sua residência tinha sido arrombada e sido furtado 01 (um) celular.

Foi informando as características do autor, que após diligências, o autor, um menor, foi encontrado em uma fábrica de cerâmica da cidade, o indivíduo foi reconhecido pela vítima e com ele estava Jovelino dos Santos Sousa. 

Com os dois foram encontradas duas armas de fogo, sendo um revólver calibre. 32, uma espingarda bate – bucha e ainda o celular da vítima. 
Na tarde de terça-feira, 07, na cidade de Palmeirândia a guarnição de serviço recebeu uma denúncia que 03 (três) homens estavam efetuando assaltos na cidade em um carro, Ônix, branco, e que tinham acabado de tomar uma moto de assalto no Povoado Triângulo, e seguiram para a cidade de São Bento, e na cidade assaltaram uma loja, levando 01 (um) aparelho celular e empreenderam fuga em direção a cidade de Bacurituba-MA. 

A guarnição de São Bento saiu em perseguição e solicitou apoio para a guarnição de Bacurituba, que conseguiu interceptar os suspeitos na MA 310, que liga as duas cidades, no momento, foram capturados Márcio José Costa Matos, 28 anos e um menor de idade, com eles foram apreendidos 01 (um) revólver calibre .38, 03 (três) celulares, a moto CG Fan 150, que havia sido tomada de assalto e o veículo Chevrolet Ônix, branco, placas QMW 4276 que possuía registro de roubo/furto e tinha sido roubado na cidade de São Luís.

Outra ocorrência registrada, foi na cidade de Pinheiro, na noite de quarta-feira, 08, a policiais militares receberam denúncia anônima que quatro homens estariam em uma saveiro vermelha, de placa NXH 4855, e que o referido veículo estava sem placa dianteira, eles estariam armados. 
Após várias rondas pela cidade o veículo foi localizado em frente a um bar, foram identificados como Claudiney Pinheiro, Genilson Ribeiro Silva, Roger Nadson Pinheiro do Rosário, Gabriel Rodrigues Ribeiro, vulgo “Tangará” e Deyse Cristina Lisboa Brito. 
Após busca pessoal foi encontrado 01 (um) revólver calibre 32, n° DA76687 com 06 (seis) munições intactas debaixo das pernas de Deyse Cristina, e a mesma afirmou que a arma era de Gabriel, vulgo “Tangará” e ao ser feito a busca no interior do veículo foi encontrado outro revólver, calibre 38 n° 1016661, com 06 (seis) munições intactas, e Roger assumiu ser o dono. 

Todo material e os envolvidos foram apresentados na Delegacia de Policia Civil, sendo que após apresentação foi constatado um mandado de prisão em aberto em desfavor de Tangará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.