sábado, 10 de fevereiro de 2018

OPERAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR NA VILA PALMEIRA RESULTA EM 11 PESSOAS PRESAS, 03 COLETES BALÍSTICOS E UMA ARMA DE FOGO APREENDIDA

Fotos Nilson Figueiredo
Enfatizando as ações da segurança contra o tráfico de entorpecentes na região da Vila Palmeira, o 9º Batalhão da Polícia Militar desenvolveu uma operação na tarde desta sexta-feira (09), resultando na detenção e prisão de 11 pessoas, por envolvimento em facção criminosa. Dentre eles foram apreendidos um revólver calibre 38, municiado e ainda três coletes balístico.

A ação inibidora aconteceu por conta de uma investigação realizada pelo Grupo de Serviço Avançado do 9º Batalhão, que contou com cerca de 50 policiais militares, e integrantes da Blitz Urbana. As investigações realizadas pelo Grupo de Serviço Avançado (GSA), deram conta que duas facções estavam se confrontando na região. 

Os policiais militares ao chegarem no local detiveram algumas pessoas em uma residência. Em outras, houve uma perseguição, onde fora evidenciado que eles estavam de posse de armas e coletes balísticos. A operação finalizou com 11 suspeitos, presos, sendo que dentre eles fora apreendido uma arma de fogo com projéteis intactos e três coletes balísticos. Eles foram encaminhados para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), no sentido de serem ouvidos pelos delegados.

O Comandante do CPAM1, o Cel. Pedro Ribeiro,  que esteve presente na operação, ressaltou que os militares estavam no local, em uma ação contra duas facções, as quais estavam se confrontando na região e onde a Polícia Militar teve êxito com prisões e apreensões importantes. “É mais uma ação do sistema de segurança desenvolvendo uma ação de promoção da paz para os moradores aqui da Salina do da Vila Palmeira. As facções estavam retirando os moradores de suas residências e ocupando as mesmas. Estamos resgatando as moradias e impedindo os criminosos de causarem o pânico na região.

Na oportunidade, duas equipes da Blitz Urbana estiveram acompanhando a operação, onde realizaram a demolição de casebres que não estavam sendo habitados. O Cel. Pedro Ribeiro informou ainda, que a operação irá continuar, para que a população possa permanecer tranquila.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.