segunda-feira, 25 de junho de 2018

SECRETÁRIO JEFFERSON PORTELA DESTACA REDUÇÃO DE CRIMINALIDADE NO MARANHÃO DURANTE ENTREVISTA A TV ASSEMBLEIA

O Secretário de Estado de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, concedeu uma entrevista nesta sexta-feira (22) para o “Sala de Entrevista”, quadro exibido no telejornal Portal da Assembleia, na TV Assembleia. Antes, ele também concedeu entrevista para a Rádio Assembleia online, no programa “A Voz do Parlamento”, onde falou dos avanços da pasta da segurança pública no Estado. 

Durante a entrevista Jefferson Portela falou sobre vários assuntos e, entre outras coisas, destacou os avanços da pasta, afirmando que o número de homicídios, por exemplo, foi reduzido significativamente. “De 2009 a 2014, o Maranhão teve uma elevação de homicídios da ordem de 308%. É um número grave, que nós conseguimos reverter. Foi um salto muito grande num período não prolongado. Agora, estamos numa escala de três anos com a seta criminal apontando para baixo em relação ao crime contra a vida”, revelou o Secretário. 

O gestor da pasta pública de segurança ainda ressaltou uma observação sobre o aumento do efetivo policial no Maranhão, que chegou ao número de 12 mil, e salientou a criação da Superintendência Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP). Outro importante da entrevista foi sobre o esforço das forças de segurança do estado no combate a explosões e arrombamentos de agências bancárias. “Em 2014, havia 48 casos e reduzimos para 13, ou seja, uma diferença de 73%. Isto se deve ao trabalho integrado das atividades policiais. A inteligência deve sempre anteceder a parte operacional. Hoje, temos um sistema integrado com o Nordeste e com o Brasil em relação aos crimes mais violentos, como tráfico e roubo a bancos”, frisou Portela. 

São policiais civis e militares envolvidos na mesma ação e na mesma área. Isso implica em ótimos resultados”, destacou, citando ainda o Departamento Combate de Roubo as Instituições Financeiras (Decrif), subordinado à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) e que já efetuou a prisão de mais de 280 assaltantes de bancos no Maranhão, todos encaminhados à Penitenciária de Pedrinhas. 

Por fim, o secretário Portela  também comentou sobre a criação do Ministério da Segurança Pública, que, na opinião dele, ajudará, e muito, porque especializa a gestão pública. “O Ministério da Justiça cuidava, prioritariamente, da questão prisional e são duas coisas completamente distintas. A ação da segurança e do policiamento é uma coisa e o aprisionamento é algo completamente diferente” finalizou Portela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.