terça-feira, 26 de junho de 2018

SSP APRESENTOU EM COLETIVA SUSPEITO DE ENVOLVIMENTO NA MORTE DO DELEGADO STÊNIO MENDONÇA

Secretaria de Segurança Pública do Maranhão por meio da Superintendência de Investigações Criminais (Seic), estando a frente Delegada Nilmar da Gama, apresentou na tarde desta segunda-feira (25), no Auditório da SSP, o acusado de participação no assassinato do Delegado Stênio Mendonça, há 21 anos, Máximo Moura Lima (54).

A Polícia Civil do Maranhão e do Pará através da Superintendência de Investigações Criminais (Seic), efetuou na tarde da última quarta-feira (20), em Belém-Pará, a prisão de Máximo Moura Lima (54), considerado foragido da justiça desde 2017, acusado de ter participado do assassinato do Delegado de Polícia Civil Stênio Mendonça, fato ocorrido 1997.


Máximo Moura Lima, último pronunciado a ir a júri popular pela participação do crime que culminou na morte do delegado de Polícia Civil Stênio José Mendonça, foi condenado a 29 anos e 9 meses de reclusão, por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima (emboscada).

A pena será cumprida em regime fechado no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Estiveram presentes o Secretário de Segurança, Jefferson Portela; O Delegado Geral de Polícia Civil, Leonardo Diniz, O Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Jorge Luongo; a Superintendente da Seic, Delegada Nilmar da Gama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.