quarta-feira, 29 de agosto de 2018

MARANHÃO VEM SE CONSOLIDANDO NA REDUÇÃO DE TAXAS DE HOMICÍDIOS DE ACORDO COM MONITOR DE VIOLÊNCIA NACIONAL

Secretário de Segurança  Jefferson Portela levando o Maranhão em destaque Nacional (Foto: Nilson Figueiredo)

Mas uma vez, o estado do Maranhão vem expressivamente se destacando com seus avanços na área da segurança pública. Essa foi uma das conclusões apontadas no monitor de violência coordenado pelo portal de notícias do G1 em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP) e Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O estado registrou uma redução acentuada no índice de violência por 100 mil habitantes que foi de 2.33 em janeiro de 2018 à 1.9 em maio do decorrente ano segundo o monitoramento. Com relação ao mês de julho, os números do Maranhão por questões técnicas ainda não foram consolidados pela pasta da segurança.

Ainda segundo monitoramento, da região Nordeste, o Maranhão e a Paraíba conseguiram resultados consistentes na redução das taxas de homicídios, assim como Rondônia (Norte) e Espirito Santo (Sudeste) e Brasília (Centro-Oeste). O monitoramento também reconheceu que faltam investigações e estudos mais detalhados para compreender quais metodologias esses estados usaram alcançaram esses resultados.

Vale ressaltar que em março deste ano, o Maranhão também foi destaque no Jornal Folha de São Paulo, como o 2º Estado que mais investiu em segurança pública em todo o país desde 2015 e que como resultado de tais investimentos São Luís saiu da lista das 50 cidades mais violentas do mundo, dado esse apontado pela Organização de Sociedade Civil Mexicana de Segurança, Justiça e Paz referente ao ano de 2017. Até meados de 2014, a capital maranhense ocupada a posição de 7ª cidade mais violenta do Brasil e 15° do mundo.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.