Ultimas

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

SEMA participa de planejamento do Projeto Áreas Marinhas e Costeiras Protegidas


A Secretaria de Estados do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) participou, em Brasília, da oficina de Planejamento do Projeto Áreas Marinhas e Costeiras Protegidas – GEF MAR. Na ocasião, foi alinhado e concluído o planejamento do GEF MAR referente ao período 2019-2016, de forma a garantir o alcance das metas do projeto.

Na oportunidade, o Ministério do Meio Ambiente comunicou que será lançado um mecanismo financeiro para garantir a continuidade das ações do Projeto. “A ideia é conservar a biodiversidade desses ambientes, ampliando o número de Unidades de Conservação (UCs) que fazem parte dele, além de realizar mecanismos financeiros para a sua sustentabilidade em longo prazo”, explicou a Superintendente de Biodiversidades e Áreas Protegidas da SEMA, Janaína Dantas.

A contribuição inicial de recursos será de R$ 9 milhões de dólares, outros R$ 60 milhões serão direcionados à iniciativa pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), por meio de Compensação Ambiental Federal. A coordenação do projeto é do Departamento de Áreas Protegidas do Ministério do Meio Ambiente e a execução é do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio).

Projeto do Governo Federal, o GEF MAR foi criado e executado em parceria com instituições privadas e da sociedade civil para promover a conservação da biodiversidade marinha e costeira e a redução da perda de sua biodiversidade. Integra diferentes categorias de (UCs) e outras medidas de proteção baseadas em área, sob diferentes estratégias de gestão.

Ao todo, são 17 Unidades de Conservação (11 federais e seis estaduais), localizadas em nove estados (Maranhão, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Paraíba e Pernambuco), e sete centros de pesquisa.
 
Copyright © 2019 Nilson Figueiredo
Traduzido Por: Luzimar Rodrigues