Ultimas

terça-feira, 21 de maio de 2019

27° BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR EM CONJUNTO COM A POLÍCIA CIVIL CONDUZEM ELEMENTOS DE FACÇÕES RIVAIS RESPONSÁVEIS POR VÁRIOS CRIMES NO ESTADO

A Polícia Militar do Maranhão através do 27º Batalhão no comando do Major Pereira, prendeu na manhã de domingo (19), em Santa Rita, Maranhão, os indivíduos Jaylson Santos Oliveira (19) conhecido por “menor loirinho” líder do CV na Cidade Olímpica; Alisson César Colins Silva, (19) conhecido por “Olho de Gato”; Moisés Paixão Silva (21) conhecido por “Igor”; Thiago da Silva Alves, (19) conhecido por “Thiago doidão”; Rosivaldo Muniz Gonçalves; conhecido por “Rosi”; Marcelo Muniz Gonçalves (21) conhecido por “Marcelo Piloto” e dois menores, todos suspeitos de participarem de facções rivais além de serem responsáveis por vários crimes dentre eles roubos, furtos, tentativa de homicídio, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo.
A guarnição de serviço recebeu informação, por volta das 2h da madrugada, que estava havendo troca de tiros entre facções rivais próximo a Chácara União, de prontidão a guarnição juntamente com a equipe da Polícia Civil realizou diversas buscas, eles não foram encontrados, porém, conseguiram identificar os elementos e após realizar campana, por volta das 6h, se deslocaram ao ponto de encontro da facção CV (Ponto da Baixinha), que ao avistarem a aproximação da viatura empreenderam fuga matagal a dentro, foi realizada uma busca minuciosa encontrando um revólver calibre 32 nº 355718; um celular Samsung na cor prata; um Celular Samsung na cor preta; um capacete na cor preta e uma porta cédulas sem cédulas.
Em seguida as equipes policiais se deslocaram às residências de cada um dos membros das facções, no que lograram êxito na captura dos mesmos. Eles afirmaram que estavam em disputa por pontos do tráfico e por isso estavam à procura dos seus desafetos, o Moisés Paixão (Igor), se encontra baleado, este foi caçado dias anteriores. O Jaylson que se autodenomina líder do CV, afirmou que o revólver é dele e que o mesmo teria investido contra seus desafetos PCC/BONDE, no entanto, se embrenharam na mata, pois os outros elementos estavam em superioridade.
É válido salientar que o “Menor Loirinho”, elemento de alta periculosidade que se titula como um dos chefes da facção CV na cidade, o mesmo afirma que veio fugido da Cidade Olímpica, pois já haviam tentado contra sua vida por várias vezes. Todos foram apresentados, sem lesões corporais, na Delegacia de Polícia Civil em Santa Rita para conhecimento e providências.
 
Copyright © 2019 Nilson Figueiredo
Traduzido Por: Luzimar Rodrigues