Ultimas

quinta-feira, 25 de julho de 2019

Cadetes do Corpo de Bombeiros são treinados para sobrevivência em regiões inóspitas

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), por meio da Academia de Bombeiros Militar Josué Montello (ABMJM), realizou, na última semana, a 12ª edição da instrução de sobrevivência em regiões inóspitas.  A operação acontece todos os anos e já faz parte da grade curricular do Curso de Formação de Oficiais Bombeiro Militar (CFO-BM), além de ser um marco para a finalização do 2° ano da formação dos militares.

Desta vez, sob a coordenação do tenente coronel Leandro, comandante da ABMJM, 26 cadetes passaram pelo conjunto de instruções. A operação serviu para que os alunos passassem por conhecimentos e experiências específicas que servirão para suas carreiras operacionais na corporação.

As atividades tiveram como foco a sobrevivência em ambientes adversos, além de instruções e técnicas de obtenção de água e fogo, confecção de abrigo, como lidar com animais peçonhentos e venenosos, obtenção de alimento (vegetal e animal), orientação com bússola e GPS, transposição de curso d’água, atendimento pré-hospitalar de imobilização com materiais naturais dentre outras experiências. 

As instruções foram realizadas em cenários diversificados, com mata fechada, área de manguezal, regiões descampadas e praias, os cadetes foram submetidos a inúmeras situações que podem ser vivenciadas no serviço de bombeiro militar e, portanto, com grande relevância para sua formação profissional.

A rotina dos exercícios contou com a participação do Centro Tático Aéreo para a instrução de Zona de Pouso de Helicóptero, os cadetes receberam atentamente as orientações do emprego de aeronaves em missões de salvamento e puderam vivenciar algumas técnicas desde a preparação para o local de pouso do helicóptero até os cuidados para o embarque e a segurança de vítimas.

Ainda na quarta-feira, a semana de operações teve a presença do coronel Célio Roberto, comandante geral do CBMMA, e do coronel Izac Matos, comandante adjunto. Na oportunidade, coronel Célio Roberto conversou com os instrutores e alunos sobre a importância da disciplina para a vida castrense e dos desafios que irão encontrar ao longo do percurso na profissão.

“A semana de sobrevivência na Academia é sempre um marco na vida dos cadetes. Aqui, vocês colocarão em prática técnicas dos mais variados tipos de salvamento, e associados ao elemento emocional, poderão estar bem próximos do que passarão a atender nas ocorrências da vida real”, destacou o comandante do CBMMA.

O comandante da ABMJM e também instrutor da disciplina, tenente-coronel Leandro, destacou a relevância da experiência vivenciada pelos alunos. “A sobrevivência é uma disciplina singular, pois além de capacitar o cadete tecnicamente, também proporciona uma mudança de comportamento devido às situações extremas vivenciadas durante os cinco dias em um ambiente inóspito”, ressaltou.

A atividade foi iniciada nas primeiras horas da manhã do dia 15 e encerrada na manhã do dia 20. A conclusão foi marcada por grande emoção dos cadetes da 12ª turma, que foram recebidos por seus familiares.

Rosélia de Jesus Sá Santos Viana, mãe da cadete Thayane, aproveitou a oportunidade para expressar o que sentiu ao passar todos esses dias longe da filha. “Eu fiquei muito emocionada, pois foram cinco dias sem poder ver minha filha, senti certo medo, mas ao mesmo tempo muita felicidade, por saber que ela estava vencendo mais uma etapa da sua vida, então eu estou me sentindo muito satisfeita e só tenho a agradecer”, relatou.

A cadete Thayane expressou gratidão por tudo que pôde aprender durante a semana. “O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão nos permitiu vivenciar uma experiência inesquecível para as nossas vidas como cadetes, pois tivemos inúmeras instruções e pudemos observar que a natureza tem muito a nos oferecer e após esses cinco dias de aprendizado nos tornamos pessoas mais competentes para as próximas missões”, disse a aluna.

Durante a solenidade de conclusão da atividade, o comandante geral do CBMMA, coronel Célio Roberto, agradeceu o empenho de todos. “O Comando do CBMMA parabeniza a todos os cadetes da Turma Alana Ludmila, por mais essa importante vitória ao longo da sua formação, marcada por muito esforço, dedicação, união e comprometimento. 

Parabenizamos também os instrutores, monitores e toda a equipe de apoio envolvida na realização de mais uma sobrevivência em Regiões Inóspitas, nosso agradecimento e reconhecimento pelo esforço desempenhado na nobre missão de formação do futuro corpo de oficiais do CBMMA”, declarou.
 
Copyright © 2019 Nilson Figueiredo
Traduzido Por: Luzimar Rodrigues