Ultimas

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Polícia Civil prende dois acusados de estupro de vulnerável em Icatu e Olho D’Água das Cunhãs

Dois criminosos foram presos nesta terça-feira acusados pelos crimes de estupros de vulnerável. Um deles identificado por José Ribamar Alves, 62 anos, fora preso no município de Icatu. Ele teria abusado da sua própria neta de 11 anos. O outro criminoso foi preso no município de Olho D’Água das Cunhãs. Este é o padastro da vítima. Ele foi identificado por Edmilson da Silva Marinho, 41. Ele praticou o crime de estupro de vulnerável contra a sua enteada de 13 anos.

O crime previsto no Art. 217-A do Código Penal, cometido por José Ribamar Alves, contra a criança em Icatu, aconteceu nesta última terça-feira. O Cumprimento de Mandado de Prisão Preventiva do acusado aconteceu no povoado Mata, no município de Icatu. A prisão do criminoso aconteceu por meio da 1ª Delegacia Regional de Rosário. 

Após a denúncia ter sido investigado pela Polícia Civil foram tomadas as providências para elucidar o fato criminoso, bem como os cuidados com a vítima de 11 anos, que foi encaminhada para atendimento no Centro de Perícias Técnicas para a Criança e o Adolescente (CTPCA). Na terça-feira (09), ele foi preso e estará à disposição da Justiça.


Outro crime de estupro de vulnerável

O outro criminoso, preso pela Polícia Civil, por meio da 16ª delegacia de Olho D'Água das Cunhãs foi o padastro Edmilson da Silva Marinho, 41 anos. A prisão aconteceu nesta terça-feira (9). Edmilson Marinho foi acusado por estupro de vulnerável contra sua enteada de 13 anos.



A adolescente relatou que no início desse ano, após a sua mãe ter viajado para outro município, o tarado Edmilson da Silva Marinho teria cometido o crime. A vítima teria dito, que o criminoso teria entrado no seu quarto durante a madrugada e praticado o crime. Após ter sido preso, o mesmo permanecerá à disposição da Justiça.
 
Copyright © 2019 Nilson Figueiredo
Traduzido Por: Luzimar Rodrigues