Ultimas

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Artesanato produzido por internos do sistema prisional é destaque em Seminário de Saúde Mental e Direitos Humanos

Trabalhos artesanais, confeccionados por internos do sistema prisional do Maranhão, ganharam destaque na abertura do ‘Seminário Internacional de Saúde Mental e Direitos Humanos’, realizado sexta (2) e sábado (3), na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). O Seminário, que ocorre no auditório do Centro Pedagógico Paulo Freire, tem a coordenação da Associação Estadual de Saúde Mental (Abrasme-MA).

Na área externa, o público pode apreciar exposição das peças confeccionadas por internos de unidades prisionais do Estado. Entre as peças expostas estão móveis, brinquedos, utensílios domésticos feitos de materiais como fibra de buriti, gesso, paletes, fibra sintética e PVC.

A ação faz parte do projeto ‘Novos Rumos Itinerante’, iniciativa desenvolvida pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), com foco em tornar conhecido do público os importantes avanços do Sistema Penitenciário do Maranhão.

A secretária adjunta de Atendimento e Humanização da SEAP, Kelly Carvalho, participou da mesa de abertura do Seminário. Na ocasião, ela falou que tratar de saúde mental e direitos humanos é um desafio. “As ações efetivas, de acordo com a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde, assim como os avanços em humanização penitenciária, estão sendo primordiais para assegurar a saúde mental dos internos no sistema prisional”, destaca a secretária adjunta.

O evento pretende apresentar estratégias de enfrentamento à questão do transtorno mental em uma perspectiva multidisciplinar, por meio de palestras, discussão de casos clínicos, minicursos, rodas de conversa e exposições artísticas. No encontro, a SEAP também participará da mesa de debates com o tema “Atenção Integral à Pessoas em Transtornos Mentais em Conflito com a Lei”.
 
Copyright © 2019 Nilson Figueiredo
Traduzido Por: Luzimar Rodrigues